Criança na cama dos pais? Confira 6 Dicas | Bepantol

Criança na cama dos pais? Seis dicas que podem ajudar nessa fase!

Atitude dos filhos é bem comum, mas é saudável?

casal de branco deitado com seu bebê

Os pais, principalmente de primeira viagem, são cercados de dúvidas e inseguranças sobre a melhor maneira de criar o seu bebê. E um dos assuntos mais discutidos é a cama compartilhada. A cama do casal é um local acolhedor para o bebê (e para os pais, concorda?). Quem nunca colocou a criança para dormir ali? Usada com moderação, a cama compartilhada não apresenta nenhum risco, porém é preciso tomar cuidado para que a exceção não se transforme em regra. Isso porque dormir no próprio berço influencia na construção da autoestima e auxilia na independência infantil.

Além disso, ao dormir em meio a adultos, bebês correm riscos como fraturas e morte por asfixia. Mas como fazer para que a criança durma em sua cama ou berço? E quando ela já dorme na cama dos pais e tem medo de dormir sozinha? É possível reverter? Com calma e dedicação, tudo é possível. O ideal é não deixar esse processo começar, mas, como sabemos que ele é comum, selecionamos seis dicas que podem auxiliar:

  • Evite ninar somente no colo, pois, quando o bebê acordar, sentirá sua falta e vai buscar seu colo novamente
  • Na hora de colocar seu filho para dormir, permaneça no quarto com ele, com a luz apagada, conversando ou cantando baixinho
  • Cuidado com a rotina da noite: o bebê deve ser acalmado algumas horas antes de dormir. As luzes e os sons devem ser reduzidos, caso contrário pode ter um sono mais agitado. Quando criança, preste atenção no tipo de história ou desenho animado que ela assiste, pois isso pode deixá-la com medo
  • A criança, desde bebê, deve ter algum objeto que lhe faça companhia durante a noite. Pode ser um ursinho, uma naninha ou qualquer coisa que lhe passe segurança. Será uma referência para proteger o pequeno durante a noite
  • Recompensa, em alguns casos, funciona! Quando o processo é de tirar o vício da cama dos pais, deixar a criança animada com o objetivo alcançado e até comemorar fazendo festa na manhã seguinte, pode ajudar
  • Se por acaso a criança for até a cama dos pais, nunca permita que ela adormeça ali, leve-a até o quarto e, se possível, fique perto, mas tente fazer com que ela adormeça sozinha

Claro que não existe receita de bolo, cada família deve encontrar seu equilíbrio e adaptar as regras dentro daquilo que acredita ser o melhor para seu filho.

Image
Se você deseja relatar um evento adverso, por favor, clique aqui.
Se você deseja relatar uma queixa técnica, por favor, clique aqui.